terça-feira, novembro 10, 2009

O nome virá no seu tempo....

Dançar sem coreografia onde o passo se faz pelo olhar mutuamente insistente da única platéia relevante...
Dormir sem perceber e sentir que o corpo ficou gostosamente encaixado só no dia seguinte...
Sentir o cheiro e lembrar do sorriso enquanto se deleita dos prazeres que a memória traz...
Ver que estava lá perto na limusine pouco depois do café da manhã...

5 comentários:

Maria Bonita disse...

essa coisa de LIMUSINE me matou de curiosidade...

Haróculo disse...

quando eu te explicar vc vai querer me bater :D

frô disse...

Explica pros visitantes tb! Prometo que a gente volta!

Christiano Candian disse...

Are we alive? More White Dust, sir?

Haróculo disse...

Vivo e na terra do "não tenho acesso ilimitado a blogs" :D
Saudade do pessoal de BH city!