domingo, junho 03, 2007

Pagando língua.

Pelo dicionário urbano nacional, "pagar língua" é nada mais nada menos que fazer algo que já afirmou que nunca faria.

De tempo em tempos pago língua, seja em prestações ou a vista com juros. Gostaria de portanto fazer uma carta pública a quem faz entrega das línguas que pago:

Prezado serviço de entrega de linguas,

primeiramente gostaria de agradecer ao serviço, mesmo sendo entregue fora de horário e em quantidades não especificadas, elas me são muito úteis. Contudo as entregas vem aumentando a constância e quantidade, a ponto de não haver muito espaço restante em meu lar.
Baseado no relato anteriormente mencionado, poderia espalhar um pouco essas entregas, ou pelo menos diminuir a quantidade? Concordo que elas tem me ensinado um pouco de humildade, mas visando a manutenção do orgulho remanescente reforço o pedido.
Sabe como é, tem que existir alguma coisa na qual eu consigo me amarrar, para formar aquele núcleo que chamamos de personalidade, ser questionador é pouco.

Desde já agradeço a atenção me despeço confiante na sua resposta positiva,

Haróculo Haroldo Lage

5 comentários:

Patrícia Souza (Tiça) disse...

haha... desist!!! a pagação d lingua vem em escala geométrica...

Camila disse...

vou me abster de comentários, eu só espero que vc não pague uma certa língua porque senão meu filho essa vai para o caixão!

Haróculo disse...

Progressão geométrica? Não!!!!
Se for verdade Catatal e Tiça corram, fujam para as montanhas!

Cacau disse...

Rs...Querido Harold...

Como não posso dar esparro(kkkkkk) apenas faço um comentário:

"Abre o olho com o Lucas meu querido!"

Ps.: Ahhhhhhh.. Agora entendi porque não ando recebendo mais as entregas de pagação de língua.. Vc superlotou o sistema e deu over...
Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Taissa disse...

Adorei!! Vou roubar. =P